NOTÍCIAS

SINDICATO DOS CONDUTORES/SP GARANTE Nenhuma linha será licitada sem cobradores Não haverá redução da frota de ônibus

22/05/2017



A direção do Sindicato conseguiu na luta e na raça, talvez, a maior conquista da história dessa categoria. O Secretário Municipal de Transportes, Sérgio Avelleda, assinou um Termo de Compromisso que assegura a permanência dos 19 mil cobradores no sistema, NENHUMA LINHA DE ÔNIBUS SERÁ LICITADA SEM O COBRADOR, assim como, de que não haverá redução da frota de ônibus. Esses pontos constarão na licitação do transporte público da cidade de São Paulo.

Trata-se de uma vitória de enorme impacto social, uma vez que os postos de trabalho serão mantidos. “Conseguimos evitar que milhares de trabalhadores(as) perdessem seus empregos e, consequentemente, o sustento de suas famílias”, destacou o presidente Valdevan Noventa.

Há muito tempo que a categoria vive sobre forte pressão, mudam-se os governantes, e a Prefeitura insiste na tese de acabar com os cobradores sempre com o aval das empresas de ônibus.

Mas, na Gestão Noventa essa ideia se intensificou, o prefeito anterior, inclusive, conseguiu aprovar uma lei na Câmara Municipal que desobrigava a permanência dos cobradores dentro ônibus. Felizmente o pior foi evitado, o Sindicato reverteu à situação na Justiça em favor dos trabalhadores.

Hoje, é importante registrar que só o transporte público da Capital paulista tem cobradores, isto porque nos municípios adjacentes as entidades de representação abriram mão da luta e entregaram de “bandeja” ao patrão o emprego desses profissionais, sem fazer qualquer resistência.

Falando com bastante propriedade sobre o assunto, o presidente Noventa disse que a categoria está ilhada, mas é uma sobrevivente do sistema, considerando que em outras cidades a função de cobrador foi extinta. “Continua firme, lutando unida e com todas as forças para defender os cobradores. Hoje, nossa realidade é ainda mais difícil porque fazemos o enfrentamento com o Poder Público, com os empresários de ônibus e com a tecnologia que avança ferozmente para substituir a mão de obra humana pela máquina”.

Os trabalhadores em transportes têm muito que comemorar, afinal num País de 14,2 milhões de desempregos, conseguimos uma façanha: a vitória daqueles que nunca desistem de lutar.

Parabéns “chapéus de bico”, graças a Deus, vencemos mais uma!

 

DOC_SEC_TRANSP_CONDUTOR.jpg

Compartilhe


BUSCAR NO SITE